fbpx

Consumidor moderno: quem é e como compra no varejo

O consumidor moderno é diferente dos clientes que você tinha há alguns anos. Basta ficar algum tempo em sua loja que será fácil perceber como eles estão mais informados e críticos.

O que ocorre é que, hoje em dia, as pessoas são bombardeadas com informação a todo o momento. Com isso, é muito mais fácil se manter bem informado e ter uma opinião mais coerente do que antigamente.

Esse novo comportamento implica, entretanto, diretamente no varejo, fazendo com que o atendimento utilizado até então se torne obsoleto. Com novos hábitos, se tornam necessárias novas formas de vender.

Com isso, a pergunta que fica é bem clara: você está preparado para atender o consumidor moderno?

 

Quem é o consumidor moderno

O consumidor moderno é diferente do que se via há alguns anos, e cinco são suas principais características:

  • Informado: Já sabe o que quer antes de você apresentar
  • Ágil: A vida é corrida, as compras também devem ser
  • Sustentável: A preocupação com o meio ambiente cresceu
  • Curioso: Novas tendências chamam a atenção
  • Sociável: Tudo é feito em comunidade

 

Informado

Como dito na introdução deste texto, há muita informação disponível aos consumidores agora. Com isso, não espere que algum chegue a sua loja sem saber nada sobre o que irá comprar. Pode até acontecer, mas é bom não contar com isso.

O consumidor moderno pesquisa muito antes de realizar a compra. Ele digita em qualquer buscador o nome do produto e vê o que aparece. Quem está vendendo? A qual preço? Qual a forma de pagamento? Ele chega a você com todas essas perguntas respondidas.

Além disso, a opinião de outros usuários interfere muito na decisão de compra. O consumidor moderno vai buscar por avaliações de compradores, saber como foi a entrega e a experiência de compra. Nada passa despercebido para esses novos clientes.

Sabendo de tudo isso, é importante que toda sua equipe de vendas esteja preparada. Não há mais forma de enganar o cliente. Ele já sabe como funciona, sabe quanto custa e até a forma de pagamento. O que ele precisa é ser convencido da compra, e esse é o desafio da equipe de vendas.

Ágil

Já virou ponto comum que a vida cotidiana está cada vez mais rápida. Todos estão indo de um lado para o outro, tentando resolver seus problemas e, ainda, viver suas vidas.

Sabendo disso, nada mais normal que o processo de compra também entrar nesse ritmo. O consumidor moderno não quer perder tempo na loja, não quer burocracia nem demora.

Na verdade, esse é até um ponto negativo dentro da experiência do comprador. Se o processo for muito lento, a visão que fica é de uma loja desorganizada, aonde as informações não chegam.

Assim, é importante que sua linha de frente entenda esse novo comportamento e evite tomar o tempo do cliente. Um atendimento rápido e eficiente é o que todo mundo quer, e sua loja não pode ser uma exceção.

Faz-se preciso, entretanto, destacar a diferença entre ágil e apressado. O cliente espera por rapidez, mas também por eficácia e bom atendimento. Com isso, é necessário capacitar os vendedores para atenderem a essa nova demanda.

Sustentável

Quando comparada com as outras gerações, a atual tem uma preocupação muito maior com o meio ambiente e a saúde. Isso é perceptível em qualquer mercado, não somente nos relacionados a esses nichos.

É preciso lembrar que o consumidor moderno é informado, o que implica que ele saberá tudo sobre seu produto. Se ele traz algum malefício ao corpo ou ao ambiente, ou ainda se faz testes em animais.

Além de evitar fazer negócios com marcas que tenham esse problema, eles ainda influenciam aos outros. Basta um tweet, um post no Facebook ou Instagram, para que sua marca se torne o alvo da vez.

Logo, é bastante importante adaptar todo seu processo para atender a esse desejo dos clientes. Mais do que isso, ainda, é adaptar seu negócio às necessidades do planeta. Isso sem contar que, logicamente, esse é um movimento bastante respeitado por todos os consumidores.

Para isso, talvez seja preciso pegar o caminho mais difícil. Ou ainda o mais caro. De qualquer forma, essa é uma ótima forma de demonstrar sua preocupação e consciência para o consumidor moderno.

Curioso

Com tanta informação rolando em suas timelines, não há como não se interessar por nenhuma delas. Por isso, o consumidor moderno é extremamente curioso, estando disposto a experimentar novos produtos, experiências e ambientes.

Não à toa, é comum visualizar grandes filas para inaugurações de lojas ou lançamentos de novos produtos. É a curiosidade da população se mostrando no ambiente das compras, faz parte do DNA humano.

Para o varejo, essa é uma boa notícia, visto que é possível chamar a atenção do cliente com novos itens. O que ocorre, entretanto, é que todas as marcas já sabem disso, e é preciso se destacar das demais.

Outro ponto interessante a ser citado é o diferencial de seu produto ou serviço. Ainda que seja curioso, o consumidor moderno não perde tempo com o que não lhe interessa.

Assim, desenvolva novos itens que auxiliem o cliente, que resolvam um problema em suas vidas. Tendo isso, é preciso comunicar — e comprovar — essa eficácia. Lembre-se que o consumidor é curioso, mas não inocente.

Sociável

Em praticamente todos os pontos acima foi citada a relação entre o consumidor moderno e o ambiente. Pois bem, o que ocorre é que a opinião alheia é importante para qualquer um. Todos querem fazer parte de um grupo.

Sabendo disso, é interessante mobilizar não somente um consumidor, mas toda a comunidade. Para isso, as redes sociais aparecem como grande canal de contato entre marcas e clientes.

Faz-se preciso focar, entretanto, na sinceridade desse relacionamento digital. O consumidor moderno admira a sinceridade, e isso não pode fugir de nenhuma comunicação entre vocês.

Esse relacionamento, aliás, é uma das maiores tendências do mercado atual. As marcas deixaram de ser empresas, passando a se portar como pessoas, mais humanizadas.

Essa mudança visa, justamente, uma comunicação mais direta com seu público-alvo. Deixa-se de tratar o consumidor como apenas um cliente, mas sim como um amigo, outra pessoa com quem você se relaciona.

 

O consumidor moderno quer uma empresa moderna

Como você pôde perceber, o consumidor moderno é bastante diferente do que se via há alguns anos. Essa constatação, no entanto, não precisa ser negativa para você ou para o varejo como um todo.

Com relacionamentos mais abertos e sinceros, é possível comunicar mais coisas ao cliente. Além disso, se torna mais fácil o caminho contrário, onde os consumidores ajudam as marcas. Pode ser com opiniões, desenvolvimento de novos produtos ou até com propaganda da marca.

O consumidor moderno está disposto a falar por sua marca, desde que você o possibilite fazer isso.

Já está sabendo tudo sobre o consumidor moderno? Então aproveite que está aqui e deixe suas dúvidas ou sugestões na caixa abaixo! Se estiver interessado em mais conteúdos sobre o mercado de varejo físico, siga-nos e acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e LinkedIn.